10.9.11

M&M

Reacções: 
(...)Tinha medo de te perder, sabes? Tinha medo de um dia estar diante de ti e não poder correr para os teus braços, viver cada instante como se fosse o último, junto a ti… Tive medo de te ter longe de mim. Ou de nem sequer te poder ter. Tive medo da necessidade da intensidade do nosso sentimento, da necessidade de me fazeres rir e de rirmos juntos, da tua companhia e do teu ombro amigo. Tive medo, mas com o passar do tempo e com o crescer da confiança, deixei de ter tanto medo. Passei a sentir-me livre e segura no conforto dos teus braços. Confiante, acima de tudo. Confiante de que o nosso caminho era o único que queria percorrer. Confiante de que não podia deixar que este medo se apoderasse de mim, e de que tu eras a única pessoa que não podia deixar para trás.(...)


2 comentários:

  1. . amamos tanto uma pessoa que o medo de perdê-la por vezes apodera-se de nós. :x
    . parabéns pelo texto. :)

    ResponderEliminar
  2. Adorei o texto!
    Parabéns, já sigo(:

    ResponderEliminar