2.8.11

stay with me

Reacções: 
Estarás tu à procura de segurança? Vem para os meus braços. Corre para mim. Deita-te por cima do meu peito quente e ouve os batimentos do meu coração acelerado ao aproximares-te. Agarra nas minhas mãos e olha-me no fundo dos olhos. Dir-te-ei que te pertenço e esperarei que acenes com a cabeça. Dir-te-ei que também eu sou tua, e somente tua. Dir-te-ei que o brilho dos meus olhos transparece a alegria que carrego dentro de mim quando te aproximas e que os nossos corações se juntam velozmente. Dir-te-ei que conjuntamente com o teu corpo, a tua mente e os teus ideias, tu me trazes a felicidade. A felicidade e o à-vontade. Dir-te-ei que trazes para perto de mim uma companhia adorável e que me proporcionas momentos de uma verdadeira princesa. Dir-te-ei que as minhas palavras e juras que são dirigidas a ti vêm de dentro e são do mais sincero que existe. Dir-te-ei que és uma excepção à regra, meu amor. Dir-te-ei tudo o que sinto naqueles instantes em que estamos mais íntimos e próximos. Dir-te-ei o quão te desejo quando me beijas a face e a testa e me sussurras um "amo-te" terno ao ouvido. Dir-te-ei que me prendes ao teu coração cada vez que me apertas contra ele e me percorres o corpo com a leveza dos teus dedos. Dir-te-ei quem és e dir-te-ei quem eu própria quero vir a ser, por te ter comigo. Dir-te-ei que fazes de mim uma pessoa melhor. Dir-te-ei quem é essa mesma pessoa, e contar-te-ei histórias tristes e amargas de um passado duro. Dir-te-ei que o nosso futuro será diferente e esperarei que me digas porquê. Dir-te-ei que preciso da tua protecção e da tua salvação destes Mundos a preto e branco que enfrento. Dir-te-ei que certas coisas que tu também me dizes são sublimes. Dir-te-ei que esses gestos de carinho e preocupação que tens para comigo me fascinam. Dir-te-ei que todo o teu ser me fascina. Me agarra. Me cativa. Dir-te-ei que para mim és uma droga, difícil de largar. Uma droga que eu mesma não quero nem tenciono largar.  Dir-te-ei que és um vício que adquiri da noite para o dia, mas do qual não me arrependo. Dir-te-ei que mesmo as tristezas que causas e me transtornam se tornam alegrias. Dir-te-ei que valerão a pena todas as lágrimas que me fizeres derramar, somente por saber que momentos a seguir és tu que mas vais limpar. Dir-te-ei que por ti esqueço e que por ti perdoo, porque sei que mereces um Mundo. Dir-te-ei que o meu coração costumava estar fechado, mas que agora te pertence. Pertence-te porque to entreguei e porque sei que tratarás dele da melhor forma que souberes. Pertence-te porque eu digo. Porque eu quero. Porque sim. Dir-te-ei que os sons da vida soam melhor quando te tenho comigo. Dir-te-ei que a adrenalina e cumplicidade que, por vezes, sinto quando estamos juntos dá cabo de mim, de uma maneira tão positiva e ardente. Dir-te-ei que te considero uma prioridade na minha vida, e que nunca senti entusiasmo assim por ninguém. Dir-te-ei que o eco dos meus pensamentos me acalma quando relembro pequenas coisas passadas contigo. Dir-te-ei que és tu que me fazes voltar a ser a rapariga determinada que em tempos fui e me "obrigas" a pôr o orgulho de lado. Dir-te-ei que és a minha esperança num futuro melhor e mais saudável. Confessar-te-ei os meus sonhos resignados. Dir-te-ei que há caminhos que apenas quero percorrer apenas de mãos dadas contigo, no mesmo lado do passeio ou na mesma estrada, ainda que já tenhamos 70 anos. Porque é contigo que quero estar. Dir-te-ei que os sorrisos que esboço hoje em dia por aqui e por ali, por este canto e pelo outro, são pelos instantezinhos em que me fazes sentir a melhor pessoa do Mundo, e que aquilo que mais quero é que de hoje em diante continue a ser assim. Obrigada por isso. Obrigada por me amares.

Amo-te. "Eu contigo, tu comigo" - sempre!

02 de Março de 2011

Sem comentários:

Enviar um comentário