16.8.11

ten months

Reacções: 
O destino trocou-nos as voltas, arruinou-nos os planos e levou-te para longe de mim por tempo indeterminado... Escrevi que tinhas caído no esquecimento, e não me orgulho. Mas deixa-me dizer-te (escrever-te) que foi por meros dias, dias em que as tuas palavras e até mesmo os teus silêncios me feriram. Idealismo ingénuo o meu, que me levou a pensar que te teria junto a mim durante estes meses. Coração ingénuo o meu. Esses dias passaram depressa, sem ti e sem o teu amor. Sem a tua fala dirigida em mim, sem a tua voz reivindicativa sequer. Os dias de ruína e de saudade imensa não tardaram até voltar, os dias de ânsia e angústia não tardaram até me invadirem de novo. Vivi com tanto ódio dessa malvada distância, que o mesmo se entranhou na minha pele. Vivi com esse ódio, até há uns dias atrás, em que soube como contorná-la. Sabes que sou determinada, sabes que te irei surpreender! Sabes que cumpro o que prometo, sabes que não digo por dizer! E é por isso que te quero dizer que, estes dez meses, terão uma comemoração especial. Já que não voltas depressa... eu irei ao teu encontro. Prometo, meu amor.


'Cause I still miss you!
13-08-2011

1 comentário: