16.8.11

there's nothing that we can't get through

Reacções: 
Estando longe, estivemos tão perto. Estando perto, roubei-te um beijo e fiz do teu abraço o meu mais longo destino.
Nesse dia em que nos encontrámos, segredos foram desvendados, segredos de fins trágicos e verdadeiramente traumatizantes. Criaram-se riachos no meu olhar e o conforto em cada canto do teu abraço fez com que se dissipassem. Não digas nada, que o nada é tanto, oferece-me apenas o calor da tua presença e a sua duração. Oferece-me a eternidade! Perdura no meu coração e fortalece os vínculos. Escreve a nossa história, recheada de promessas inquebráveis, grava-a, bem fundo, no meu coração, imortaliza-a... porque o meu coração dança por te ver, e só se acalma quando fixas o olhar em mim.
Perdemo-nos, eu e ele, nesse teu olhar ternurento e seguro de si, enquanto nos conquistas e nos dominas. Estive perdida dentro da saudade e todos os dias foram uma luta. Agora, esse olhar fez com que me perdesse dentro dele e de ti. Perdi-me em ti, balancei contra o teu corpo e aconcheguei-me, com a cabeça sobre as tuas pernas e com as minhas mãos entrelaçadas nas tuas. Senti as tuas festinhas nas mechas do meu cabelo, beijei-te, apertei-te contra o meu peito. Afastei a distância, as inseguranças, a censura e o rancor.
Olhaste-me, de novo, bem no fundo dos olhos e juraste ficar sempre do meu lado. Juraste não me abandonar, mesmo que esta nossa história não ficasse gravada e desaparecesse dos nossos corações sem deixar rasto, juraste continuar perto de mim para me limpares, uma vez e outra, as lágrimas derramadas devido às injustiças desta vida. Juraste, e mesmo não sendo o primeiro a fazê-lo, sinto que tenha sido sincero. Meu amor, juro-te também que o momento dessa mesma jura foi dos melhores da minha vida... porque, por vezes, as pessoas e a própria vida prometem-nos coisas que não chegam a cumprir (por não conseguirem, ou por cobardia). Eu preciso de ti, e senti que essa jura foi das mais genuínas.
Os dias seguintes foram, como tu disseste, um sonho tornado realidade. Perco-me agora no futuro, num futuro próximo, num futuro partilhado contigo.
Volta para junto de mim. 13

"You have no idea how hard it is to force myself to stop thinking about you, sometimes."

Sem comentários:

Enviar um comentário