23.10.11

daddy

Reacções: 
Com o tempo que se faz sentir aqui, só me apetece voltar a Bruxelas. Para ficar lá por uns tempos. Para cheirar a chuva e a atmosfera húmida, para vislumbrar novos sonhos, para conhecer novas caras... não só por andar com uma vontade imensa de sair daqui, por sentir que já poucas pessoas me prendem cá, mas também por querer passar uns dias, fora daqui, contigo. Não sei o que se passa, mas garanto-te que já lá vai o tempo em que gostava de brincar às polly's, em que levava chapadas por chamar nomes ao mano e em que me chamavas de menina cor-de-rosa. Abri os olhos para o Mundo, mudaste para comigo, mudaste para melhor, e é certo que eu te admiro muito, mas não entendo o que se passa. Já não gosto de brincar, nem às bonecas nem às mães e aos pais. Sinto a tua falta, sabias? Já não sabes quando os meus olhos estão tristes e vazios e confundes tudo isso com cansaço. Nem sempre é só cansaço. Eu aguento e tu sabes disso. Já me fui abaixo e também sabes disso. Por isso, dá-me a tua mão e uns pedaçinhos do teu tempo, para que me possa sentir outra vez a tua menina cor-de-rosa.




Sem comentários:

Enviar um comentário