10.1.12

perfection exists

Reacções: 
- Que queres fazer?
- Beijar-te.


O meu coração derrete como mel e palpita como o de uma criança realizada, desejada, amada, feliz. Se as palavras já há muito tinham deixado de fazer qualquer sentido, nesta noite perdoo-as pelos estragos passados e aceito-as de volta como partes mim. E confesso-te, por palavras, simples e explícitas: completas-me. Soltas a alegre criança que há em mim. E ela pula. E ela anda a cantarolar por aí musiquinhas de amor. 
E se agir como uma criança tornar o meu dia um pouco mais brilhante, então obrigada por isso. Obrigada pelo sorriso gigante que carrego no rosto durante toda uma viagem de regresso ao Inferno. Obrigada por me lembrares, com pequenos gestos ou com quentes palavras, que estás sempre comigo amor. Obrigada por me abraçares no momento certo - e tudo isso me leva a acreditar que o calor desses teus braços me protege do Mundo inteiro.  

E nada de mais perfeito poderias dizer naquele nosso instante.

 

1 comentário: