11.1.12

time changes everything

Reacções: 
O tempo, esse maldito tempo, parece voltar atrás à velocidade da luz. E a minha cabeça está atordoada. 
A vida é fugaz e o tempo foge-nos das mãos - ouvi hoje estas palavras sábias, que quebraram o silêncio e a dolorosa escuridão de um espaço recôndito. E quando dou por mim já recuei milhas. 
Tudo se encontra imobilizado e só nós caminhamos na rua. Menos a chuva, que cai monumentalmente, criando o ambiente certo para que passes para o outro lado da estrada. E passas. E caminhas. E afastas-te. E deixas-me. E um vazio acompanha-me de imediato e assombra-me a alma. Perdi o medo de te perder, mas com o medo foi-se a confiança... a intimidade. Com o medo perdi tudo o que havia sido meu. E o tudo foste tu. 
E agora, tempos antes do agora que realmente está a acontecer, volto a perguntar-te: seria a eternidade tempo demais para nós? Sonho demasiado alto? Pura miragem?

1 comentário:

  1. sonhar nunca é de mais, só não te esqueças de manter os olhos abertos*

    ResponderEliminar