25.5.11

winning

Reacções: 
Quero estancar o tempo, desfrutar do tempo, escutar o tempo! Escrever palavras ao acaso, soltar inúmeras e monumentais gargalhadas, correr sem rumo nem direcção, amar sem limite e sem medida, gritar até perder a chama da voz, alcançar a perfeição, o infinito, o impossível, superar a vertigem da ideia fantasiosa que é a eternidade, agarrar os sonhos com todas as minhas forças. Meus sonhos, teus sonhos, vossos sonhos. Percorrê-los, analisá-los, vivê-los, obtê-los.
Quero ser protagonista de um Mundo só teu, só meu, sempre em virtude da mudança, no qual só nós dois permaneceremos iguais, inalcancáveis, invencíveis... juntos!
Quero traçar uma linha apenas tua, minha, designada destino, na qual só nós poderemos mexer, remexer. Saltar as barreiras do horizonte, conseguir ultrapassar as ondas, as marés, as correntes dos rios, acertar nos caminhos, mesmo que de olhos vendados, acompanhar os meus, preencher os fundos vazios da saudade e ambicionar mais, mais e mais, no mais curto espaço de tempo (cada vez menor).
Quero secar a derradeira lágrima da derrota e vencer. Vencer-me, vencer-te, vencer-vos. Com elegância. A escalas, distâncias e níveis cada vez mais longínquos da realidade.


1 comentário: